09/05/2017 às 02h41min - Atualizada em 09/05/2017 às 02h41min

'Jovem prefeito de Bayeux demite jornalista por perseguição política' - Por Hélder Moura

Blog Helder Moura
A verdade é que o prefeito Berg Lima, que se anunciou com a renovação na política de Bayeux, revelou, de forma surpreendente para um jovem, uma face deplorável, com a demissão do jornalista Paulo Neto da assessoria de Imprensa de seu vice, Luiz Antônio, apenas por praticar uma linha de independência no portal Primeiras Notícias.

Não se constrói uma biografia política decente com esse tipo de prática. Primeiro, precisaria compreender que, uma coisa é o assessor de Imprensa, outro, bem diferente é o profissional de comunicação que exercita seu trabalho numa empresa privada. Depois, a forma como puniu o jornalista, demitindo sem sequer ter a hombridade de avisar com antecedência.

Uma pena que esse tipo de prática continue existindo na Paraíba, de gestores públicos que não sabem conviver com a crítica, tentando sempre impor a sua verdade acima do contraditório, tal caro à democracia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »