16/11/2020 às 06h43min - Atualizada em 16/11/2020 às 06h43min

OPINIÃO: Era uma vez Ricardo Coutinho...

Blog do Maurílio Júnior
Foto: reprodução
Era uma vez Ricardo Vieira Coutinho. Paraibano de João Pessoa, morador de Jaguaribe antes de enriquecer, Ricardo foi líder sindical antes de começar a vida política como vereador em 1996. Em 1998, foi eleito deputado estadual. Coutinho foi prefeito de João Pessoa por dois mandatos. Ele renunciou ao mandato em 31 de março de 2010 para concorrer ao governo do estado. Com apoio de Cássio Cunha Lima foi eleito governador. Em 2014 rompeu com Cunha Lima e se reelegeu ao cargo. Moralista, dono da razão, quase um ‘Deus’, Ricardo apontava o dedo para quem ousasse o contrariar. Costumava chamar os adversários políticos de “bandido”. Mas foi Ricardo que terminou na prisão. Em 2019, após o fim do seu mandato, o socialista virou o grande alvo da Operação Calvário, que desvendou um esquema de corrupção, pasmem, na Saúde. Ainda na esperança de seguir o seu trabalho, Ricardo se lançou novamente candidato a prefeito de João Pessoa, mas amargou a sexta posição. Fim.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »