24/10/2020 às 07h17min - Atualizada em 24/10/2020 às 07h17min

Suspeito de matar lutador durante briga de trânsito é preso, confessa crime e diz que agiu em legítima defesa

ClickPB
Foto: Reprodução
A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (23), o homem de 31 anos suspeito de matar o estudante de Direito, Tássio Felipe dos Anjos, de 33 anos. Ele morreu no último sábado (17) após sofrer golpes de faca na região do peito, em uma briga de trânsito com um mototaxista, em Lucena, no Litoral Norte paraibano.

De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, os policiais civis do Núcleo de Repressão a Homicídios da 5ª DSPC, de Santa Rita, prenderam o homem na tarde desta sexta-feira, cumprindo, assim, o mandado de prisão temporária que havia sido expedido contra ele.

O suspeito confessou, em depoimento, ter ferido Tássio. Ele argumentou que agiu em legítima defesa.

Tássio Felipe dos Anjos Lima teria se irritado quando um mototaxista quase bateu com uma moto na porta do carro em que ele estava, com a irmã. Eles pararam em um mercadinho para fazer compras, na estrada de Lucena a Fagundes, quando foram surpreendidos pela motocicleta que quase colidiu com o veículo de passeio.

A briga dos dois se estendeu até uma mata à beira da estrada. O mototaxista teria puxado uma faca e golpeado Tássio na região do peito durante luta corporal entre os dois.

O estudante de Direito na UFPB foi socorrido pelo pai, até uma unidade de saúde de Lucena. No local, o Samu, que havia sido acionado, constatou o óbito da vítima. Tássio morava com a família em João Pessoa e estava em Lucena a passeio.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »