19/10/2020 às 06h54min - Atualizada em 19/10/2020 às 06h54min

Dieta do sexo: musa fitness diz que emagreceu transando 5 horas por dia

O Tempo
Grasi Mattos, de 24 anos, é mineira, nascida em Conselheiro Pena, na região do Rio Doce, cruzeirense, “musa fitness” e influenciadora no Instagram – rede na qual acumula quase 90 mil seguidores.

Para manter o corpo em forma, há uma rotina diária de musculação e dieta regrada, com frutas cítricas pela manhã e, no almoço, carboidratos, em especial o macarrão. Nas noites de Lisboa, onde vive atualmente, a jovem bebe ainda duas taças de vinho para completar o cardápio.

Contudo, ela jura de pé junto que o corpo malhado – e os 5 Kg perdidos nos últimos dois meses – são fruto de outra prática: cinco horas de sexo por dia, durante seis dias da semana. A única folga, revela, ocorre aos domingos, quando, quase biblicamente, descansa do cotidiano ativo.

“Então, perdemos muita caloria fazendo sexo! Sexo é uma coisa normal, tem gente que abomina muito, mas, além de fazer muito bem para a saúde, tem como queimar calorias. Resolvi juntar prazer, alívio à ansiedade, diminuição no mau humor, e exercício físico”, conta Grasi, em entrevista a O TEMPO. “Quer perder peso? Faça sexo!”, aconselha.

Em um texto de divulgação da “dieta do sexo”, que Grasi vem mantendo há três meses, – cujo título é “Musa fitness troca anabolizantes pela dieta do sexo para manter a forma e comemora resultado positivo na internet”- a assessoria de imprensa dela informa que Grasi se dedica entre três e quatro horas por dia à atividade sexual.

A meta, conforme a nota, é perder “8 mil calorias”. Apesar disso, a jovem garantiu que o patamar é de cinco horas diárias – nas quais trata a atividade sexual como um regrado exercício, que ocorre apesar do prazer.

A dieta, explica a mulher, não surgiu do vácuo – um nutrólogo, médico especialista em nutrologia, diz ela, a ajudou a regular os exercícios sexuais, o cardápio e as atividades físicas na academia. “Segundo ele, regula meu humor, libera hormônios sexuais, e funciona como uma verdadeira terapia”, garante.

Questionada se a rotina pesada de sexo não gera cansaço, Grasi nega. “Não precisa ser quatro ou cinco horas direto, direto, sabe? Às vezes faço, sim, mas (normalmente) dou uma paradinha, descanso, bebo água. Faço quando acordo, às vezes a tarde. Divido (a prática) no meu tempo. É sempre certo, porém, o período: tenho que cumprir esse horário de cinco horas”, diz.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »