01/05/2017 às 09h48min - Atualizada em 01/05/2017 às 09h48min

Em menos de 48 horas, polícia registra pelo menos sete homicídios na Paraíba

Redação PN
web
Pelo menos sete pessoas foram assassinadas entre a noite desse sábado (29) e a madrugada desta segunda-feira (1º) na Paraíba. Casos de violência foram confirmados nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Catolé do Rocha e Barra de Santana. 

Nas primeiras horas desta segunda (01), uma jovem de 20 anos foi encontrada morta com suspeita de estrangulamento, em um terreno baldio no bairro Tibiri II, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. A família confirmou o envolvimento da vítima com as drogas e já esperavam passar por esse tipo de situação.

Também na madrugada segunda-feira ( 01), por volta das 4h40, um comerciante foi fuzilado com cerca de 10 tiros, no bairro do Cruzeiro, em Campina Grande. Segundo a PM, a vítima seria dona de um fiteiro. A Polícia ainda não tem detalhes sobre o crime.

Na noite do último sábado (29), um rapaz de 20 anos e um adolescente, 14 anos, foram mortos baleado após uma perseguição de moto e tiroteio na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba. Segundo a Polícia Militar, as vítimas foram perseguidas por suspeitos, também em motos, na Zona Norte da cidade. 

As vítimas foram identificadas como Pablo Ramos da Silva de 20 anos e um adolescente de 14 anos. Pablo morreu no local, o menor foi socorrido em estado grave para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas também não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Já no fim da noite desse domingo, um tiroteio na festa de emancipação de Barra de Santana, Agreste paraibano, a 133 km da Capital, deixou duas pessoas mortas. Segundo o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) da Polícia Militar, três homens foram identificados como suspeitos e perseguidos pela polícia, mas conseguiram fugir, cada um em uma motocicleta. As vítimas ainda foram socorridas para o hospital de Queimadas, mas não resistiram aos ferimentos. A Polícia Civil começõu a investigar o caso.

Em João Pessoa, um crime aconteceu dentro do Mercado Público, no bairro Oitizeiro, durante a tarde desse domingo (30). Um homem foi executado com um tiro na cabeça. Testemunhas relataram que a vítima era acostumada a praticar assaltos naquela localidade.

"Recebi a informação que a vítima estava praticando um assalto, mas algo deu errado na hora de fugir. Efetuaram um disparo, que acabou atingindo a cabeça dele. Ele estava de capacete, mas o tiro transfixou o equipamento", disse o tenente Gama.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »