16/09/2020 às 09h16min - Atualizada em 16/09/2020 às 09h16min

Marido que chorou ao lado do corpo da mulher grávida após espancá-la até morte na PB está foragido; laudo confirma feminicídio

A Polícia Civil está a procura de Hélio José de Almeida Feitosa que matou a esposa Pâmela do Nascimento, que faria 28 anos este mês, que estava grávida de 6 meses.

O laudo comprovou que ela morreu por uma parada cardiorrespiratória em decorrência de hemorragia no fígado, após ser espancada na noite do dia 7 setembro, no município de Poço de José Moura, no Sertão da Paraíba. Ao constatar a morte, o marido ainda chorou ao lado do corpo na ‘pedra’ do hospital.

O homem ainda prestou depoimento, foi ouvido e liberado no dia do caso porque ela tinha nenhum hematoma aparente. Após o laudo, a polícia pediu a prisão preventiva, mas ele está foragido. Quem souber o paradeiro dele pode ligar para 197 da PC. Com PB HOJE
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »