27/04/2017 às 18h12min - Atualizada em 27/04/2017 às 18h12min

Mesmo terceirizado, Romero Rodrigues busca apoio ao Banco do Brasil para o 'Maior São João do Mundo'

Redação com ParlamentoPB
O prefeito Romero Rodrigues foi recebido, na manhã desta quinta-feira, 27, pelo diretor de Marketing e Comunicação do Banco do Brasil, Alexandre Alves de Sousa, em Brasília (DF). Romero esteve acompanhado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), responsável por marcar a audiência com o executivo do BB, e do prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley (PSDB). Na pauta, apresentação do projeto comercial do Maior São João do Mundo à instituição que historicamente tem dado apoio em forma de patrocínio à festa que este ano tem início no dia 2 de junho e se encerra em 2 de julho.
 
Na oportunidade, Romero fez uma exposição detalhada sobre o projeto deste ano, que se baseia numa Parceria Público Privada (PPP). Em sua explanação para Alexandre Alves, Romero detalhou todos os aspectos da festa, desde as inovações no layout do Parque do Povo, como também a programação artística já definida para o palco principal. 
 
Particularmente, o diretor do Banco do Brasil mostrou-se surpreso com a grade de artistas escalados para o mês inteiro do evento e parabenizou Romero pela coragem e ousadia em assumir um modelo que permite uma redução dos recursos da Prefeitura no São João.
 
Romero explicou que, só com a economia que a Prefeitura vai ter no desembolso histórico com a festa, este ano, antes de ter início o São João, na ordem mínima de R$ 5 milhões, ele pretende assinar a ordem de serviço para a construção do prédio onde funcionará o novo Hospital da Criança e do Adolescente.
 
Por sua vez, o prefeito Dinaldinho Wanderley também pediu apoio ao Banco do Brasil e recebeu a solidariedade do colega Romero Rodrigues, que reforçou junto ao diretor Alexandre Alves a importância da festa. O senador Cássio Cunha Lima reforçou a grandiosidade das duas festas de Campina Grande e Patos e disse não ter dúvidas de que o Banco do Brasil apoiará, dentro das condições orçamentárias da instituição financeira, os dois eventos.
 
Alexandre Alves disse que o Banco do Brasil avaliará com atenção os pleitos apresentados e certamente fará todos os esforços para que a instituição esteja presente, mais uma vez, na festa mais tradicional do Nordeste.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »