26/04/2017 às 21h33min - Atualizada em 26/04/2017 às 21h33min

'O melhor de Jota Júnior' - por Paulo Neto

"Demorei o máximo que pude para falar sobre a morte de Jota Júnior. Na verdade não encontrava palavras para descrever este que foi mais que um amigo, foi um pai na profissão.

Junto com Gutemberg Cardoso, Jota Júnior me deu a melhor oportunidade que tive na radiofonia. E me perdoem os intelectuais da comunicação, mas sou sincero a dizer que aprendi mais ao lado de Jota que na faculdade.

Para muitos isso é um absurdo, mas para quem conheceu Jota no auge de sua profissão sabe o que eu estou falando. E eu posso dizer que sou um privilegiado. Deus me deu a oportunidade de aprender com o melhor, o único, o inigualável.

Jota era mais que um professor, era um amigo que costumava dar conselhos. Não gritava, não era mal educado. Olhava nos olhos e ensinava com paciência.

A Nathália Sousa e Paula Souza, filhas que carregam em seu sangue o DNA de Jota e que tem a minha amizade antes mesmo de trabalhar com ele, a certeza da minha gratidão eterna pelo que o pai de vocês fez por mim.

A dor é grande e forte, mas como dizia Jota: "Deus é soberano". E com sua soberania decidiu levar Jota para sua morada eterna, deixando esse sorriso marcado pra sempre em nossos corações.

Obrigado por tudo meu amigo, Jota Júnior"

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »