27/06/2020 às 08h19min - Atualizada em 27/06/2020 às 08h19min

“ESSE MACACO NÃO TERIA 100 VOTOS”: Nilvan Ferreira é alvo de racismo em grupo de WhatsApp

O radialista Nilvan Ferreira, pré-candidato à Prefeitura de João Pessoa pelo MDB foi alvo de racismo em um grupo de WhatsApp na noite desta quinta-feira (26).

Ao comentar um link sobre a aproximação do comunicador com expoentes da extrema direita com vistas a angariar apoio para sua campanha, um integrante do grupo “Diretoria Cannele”, identificado como “Geraldo Euro textil” escreveu: “Esse macaco não teria 100 votos”.

Imediatamente, outro usuário identificado como “Genildo França” reagiu: “Racismo”.

Rapidamente o apresentador recebeu mensagens de solidariedade, dentre elas do deputado federal Ruy Carneiro, que também é pré-candidato pelo PSDB.

“É lamentável que ainda temos condutas assim em pleno século XXI”, disse o parlamentar.

Procurado pela reportagem do Polêmica Paraíba, Nilvan lamentou o fato e considerou a postura do agressor como pobreza de espírito.

“Grande parte das pessoas tem um racista dentro de si”, disse o radialista, que garantiu ainda ter reunido todos os prints de tela para acionar a Justiça. Com Polêmica Paraíba

racismo nilvan 300x264 - "ESSE MACACO NÃO TERIA 100 VOTOS": Nilvan Ferreira é alvo de racismo em grupo de WhatsApp

racismo nilvan 300x264 - "ESSE MACACO NÃO TERIA 100 VOTOS": Nilvan Ferreira é alvo de racismo em grupo de WhatsApp

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »