04/06/2020 às 21h57min - Atualizada em 04/06/2020 às 21h57min

Escolas Municipais de Conde ficam acima da meta do Ideb

As escolas da Rede Municipal de Ensino de Conde apresentam altos índices de proficiência nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, de acordo com a projeção dos dados preliminares do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), realizada pela Secretaria de Educação do município.

Os dados preliminares fornecidos pelo INEP nas avaliações de desempenho de Língua Portuguesa e Matemática direciona a Rede de Ensino Municipal de Educação de Conde a meta projetada de 5,7 nos anos iniciais do ensino fundamental e 4,7 nos anos finais, superando até mesmo as metas da Rede Estadual de Ensino, definidas pelo INEP para o IDEB 2019 de 5,0 e 4,3, respectivamente.

O objetivo da avaliação é diagnosticar a educação básica do país e contribuir para a melhoria da qualidade, oferecendo subsídios concretos para a formulação, a reformulação e o monitoramento das políticas públicas voltadas para a educação básica.

De acordo com os dados, desde 2015 os anos iniciais em Conde não atingem a meta do Ideb, que é de 4,8 para os anos iniciais em 2019. Já os anos finais, não alcançam a meta desde 2013, que atualmente é de 4,4 para os anos iniciais. A mudança nos números mostra os resultados dos investimentos realizados pela gestão da prefeita Márcia Lucena na educação.

“Diante de toda esta situação em que estamos vivenciando, com a pandemia do Covid19, as recomendações para usar máscaras, ficar em casa, receber uma notícia dessa, nos fortalece ainda mais e nos mostra que estamos seguindo o caminho certo e transformando a educação de Conde. São dados preliminares, que mostram que nossa educação vive uma nova história. Parabéns aos profissionais da educação e aos nossos alunos e alunas”, disse a Prefeita Márcia Lucena.

A secretária de Educação de Conde Cida Uchôa destacou que gestão tem investido em projetos que auxiliam os professores e alunos no processo de aprendizagem, como a implantação do programa Raízes e Galhos pela Secretaria de Educação, em 2018, em parceria com a Fundação Lemann dentro do projeto Educar pra Valer, que tem como objetivo estimular a alfabetização de crianças dos 2º e 5º anos do ensino fundamental I.

"Antes as crianças faltavam muito. Tínhamos um índice baixíssimo de frequência escolar, com escolas apresentando mais de 30% de reprovação e esses números puxam o Ideb do município para baixo. Em 2018, implantamos o Raízes e Galhos e inserimos essa metodologia na Educação Infantil e EJA. Criamos também superintendências para acompanhar as escolas e auxiliar os professores, o que gerou esse resultado gratificante", ressaltou a secretária.

Para a secretária, o reconhecimento é resultado de todo o esforço realizado pela prefeitura, superintendências, equipes e parcerias, que garantem o acompanhamento das metodologias aplicadas nas unidades de ensino.

"A maioria das escolas do 5º ano de Conde tiveram nota 5 na proficiência de Língua Portuguesa, superando todos os dados do ano de 2017. Os dados atuais do INEP de Língua Portuguesa e Matemática de desempenho leva as escolas do 6º e 9º ano a atingirem a meta de 2021. Isso é impressionante. Tudo isso é um conjunto de trabalho e de credibilidade, com o esforço da secretaria e da professora Márcia, além do apoio da Associação Bem Comum, da Fundação Lemann, que nos ajudou muito e no empenho de todos que fazem parte da educação de Conde", destacou.

A previsão para divulgação oficial das metas do IDEB é final de julho.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »