10/04/2017 às 05h09min - Atualizada em 10/04/2017 às 05h09min

Vereadores de Bayeux podem instaurar processo de cassação de Berg ainda esta semana

Redação com ParlamentoPB
Com apenas 100 dias de governo, o prefeito de Bayeux, Berg Lima (PODEMOS), vive um momento de expectativa. Um vereador da cidade, que preferiu não se identificar, revelou que vários colegas estariam decididos a afastar o novo gestor para investigarem acusações contra sua gestão.
 
De acordo com a fonte, Berg pode ser investigado por irregularidades relacionadas à coleta de lixo, à locação de veículos, contratação de funcionários, nepotismo, estouro na folha de pessoal, compra de combustível, entre outros.
 
Caso se concretize a possibilidade de afastamento de Berg, aprovada pela Câmara Municipal, quem assumiria a titularidade seria o vice, Luiz Antônio (PSDB).

O vereador Adriano Martins (PMDB), um dos mais ferrenhos opositores da gestão, questionado em um grupo de whatsapp, afirmou que ainda hoje (10) haverá uma reunião "a portas fechadas" no gabinete do presidente Noquinha (PSL) para tratar do assunto e só após este encontro ele teria novidades sobre a ideia de afastameto do prefeito. 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »