08/04/2017 às 15h31min - Atualizada em 08/04/2017 às 15h31min

Ex-prefeita deixa o PT e cai nos braços do PSB

ClickPB
web
A ex-prefeita de Pombal, Pollyanna Dutra vai se filiar ao PSB neste sábado (8). A solenidade de assinatura da ficha de filiação acontece  às 15h, na Câmara Municipal. 

Ela confirmou ontem saída do Partido dos Trabalhadores (PT) partido que a elegeu prefeita daquele município sertanejo por duas vezes.

Pollyanna disse que foi convidada  para o PSB pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).

Em carta ao PT, Polyanna fala sobre suas perspectivas futuras e que os desafios para obter novas experiências falaram mais alto 

.Confira na íntegra a carta despedida da ex-prefeita de Pomba

Ao Presidente do Partido dos Trabalhadores -PB
Clécio Monteiro
Diretório Municipal
Pombal – PB

Antes de começar quero agradecer a honra de servir ao povo de Pombal através do Partido dos Trabalhadores.

Foi nesse Partido que tive a minha primeira formação política, foi aqui que despertei o senso de justiça social e descobri dentro de mim o desejo de servir ao povo. Esse partido me fez uma grande prefeita como também uma pessoa melhor.

Tive inspiração e forças para seguir em frente, aprendi com o PT todos os dias, especialmente a fazer da política um instrumento para promoção de igualdade social.

Também aprendi que a transformação só acontece quando pessoas comuns, homens e mulheres se envolvem e se unem para reinvidicá-la. Nós demonstramos a capacidade de mudar e de melhorar a vida daquelas pessoas que mais precisavam de oportunidade e que ao longo da sua existência foram negados os direitos.

O Partido foi importante nesse processo, as parcerias com o Governo Federal Lula, Dilma e o Deputado Federal Luiz Couto, todos do PT, através da interiorização de serviços essenciais saúde, educação superior, técnica, assistência social, obras do PAC, acesso a renda e moradia digna, perspectiva de futuro... os valores que construímos ao longo desses trinta anos de partido.

Sei que a travessia foi difícil, algumas decisões minhas podem ter sido erradas algumas vezes, não quero tirar o direito do PT criticar, mas tivemos muito mais acertos.

Quantas vezes discordamos dentro do PT aqui em Pombal, na Nacional,nos diretorios porque este partido sempre respeitou a formação de tendências que pensavam em teses diferentes porque faz parte da democracia, da política interna do partido que dá o direito de divergirmos e expressar com liberdade nossas convicções.

O Partido dos Trabalhadores também travou debates importantes sobre governabilidade, e, portanto, EU não governei sozinha, tivemos juntos com a nossa base, envolvendo outros partidos e movimentos sociais um compromisso com essa cidade.

Levamos Pombal a ONU, representamos os municípios do Brasil que foram capazes de dar respostas aos anseios da população e isso nunca será apagado, momento único e CARO para mim para o Nordeste para o semi-árido e para Pombal.

O Brasil estar passando por uma grave crise política, e é necessária uma proposta política concreta em favor desse País. Meios de comunicação negando a política do PT, anestesiando o povo, 13 milhões de desempregados, dentre outras questões que merecem uma reflexão e um debate profundo para alavancarmos novamente o processo de desenvolvimento.

É preocupante que um governo golpista e usurpador se aproprie do nosso maior patrimônio em troca da sua manutenção ao poder. Direitos dos trabalhadores sendo destruídos e negados que foram construídos com muitas lutas, renúncia e muita mobilização da classe trabalhadora.

Tenho no meu peito todo carinho e gratidão por todos esses anos vividos ao lado dos meus companheiros de todas as horas. Nesse momento é chegada a hora da despedida do pedido de desculpas e do até mais.

Nos encontraremos ainda nas lutas em comuns da esquerda progressista, nunca vou abrir mão da minha essência construída no partido dos trabalhadores de lutar e defender os mais necessitados, a luta continua!

O futuro me espera e minha ansiedade de obter ainda mais experiências e topar mais desafios falaram mais alto. Estou saíndo do PT mas os companheiros sempre serão companheiros.

Entendam que a democracia não exige uniformidade.

Não existem soluções fáceis para esta tendência no longo prazo

Muito obrigada, aqui foi por um bom tempo a minha casa.

Pollyana Dutra

"A luta é a minha vida .Continuarei a lutar até o fim dos meus dias."
Nelson Mandela.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »