21/02/2020 às 11h13min - Atualizada em 21/02/2020 às 11h13min

Jovem é embebedada e estuprada por antigo colega de escola

O Livre
Uma jovem de 19 anos foi vítima de estupro nessa terça-feira (18) ao se encontrar com um antigo colega de escola. O crime ocorreu na casa dele, no Bairro Campo Velho, em Cuiabá. A garota foi embebedada.

Traumatizada, a vítima procurou a polícia, contou como o crime aconteceu, relatou ter uma testemunha e disse estar extramente dolorida nas partes íntimas, pernas e pescoço.

Segundo a vítima, ela foi para a casa do colega e lá começou a beber vodca. Quando sua bebida acabou, o colega começou a preparar copos da pinga para ela. Rapidamente, a jovem ficou alcoolizada.

Ela começou a dançar e logo se viu no banheiro com o colega, que segurou suas mãos e a estuprou pela primeira vez naquele dia.

A vítima conta ter tentado se afastar. Disse que falou não para ele diversas vezes, mas foi ignorada. Depois de estuprá-la, ele a deu banho e a vestiu.

Ainda alcoolizada, ela foi para um quarto e encontrou uma colega, para quem contou o que havia acontecido.

Logo, o rapaz entrou no cômodo com um copo. A colega da vítima disse que o líquido estava muito forte e tentou misturar com refrigerante para diminuir o teor de álcool.

À polícia, a vítima disse que não lembrava de tudo em detalhes, mas que lembra do rapaz  novamente entre suas pernas. Disse que ainda que a amiga que estava no quarto viu a cena e pediu para os dois saírem.

Nesse momento, a amiga tentou mudar de ideia, mas o suspeito levou a vítima para outro cômodo da casa e novamente a estuprou.

A testemunha bateu na porta, entrou no quarto e viu que o suspeito estava nu. Mas, apesar disso, não reagiu.

O rapaz ainda ficou um tempo deitado, depois vestiu uma cueca na vítima. Quando ela conseguiu, foi até o banheiro, pegou sua roupa e achou uma camisinha estourada em cima da descarga, que ela acredita ter sido usada pelo suspeito.

Ela procurou a polícia e o caso foi registrado como estupro. A investigação ficará a cargo da Delegacia da Mulher de Cuiabá.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você concorda com o pedido de intervenção feito pelo TCE-PB na Prefeitura de Bayeux?

63.2%
36.8%