13/02/2020 às 07h05min - Atualizada em 13/02/2020 às 07h05min

ALTA PERICULOSIDADE: Criminoso que ameaçava delegado é morto após troca de tiros com a Polícia

Na manhã desta quarta-feira (12), um homem identificado com Henock Silva Carvalho de 34 anos, morreu após trocar tiros com policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), na rua Branco e Silva, bairro Santa Luzia, Zona Sul de Manaus.

O homem era procurado pela Polícia depois de ter trocado tiros com os investigadores da Especializada em outubro do ano passado. Ele chegou a usar a fotografia do Delegado Titular da DERFV, Cícero Túlio no seu próprio perfil de Whatsapp, e mandava mensalmente mensagens para o disque denúncia da Delegacia desafiando a atuação dos policiais.

O valentão respondia a vários processos criminais e desde novembro de 2019 tinha contra si um mandado de prisão preventiva em razão de ter encomendado diversos roubos de veículos na capital do Amazonas.

Durante uma ação da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos no ano passado, Henock  juntamente com outros comparsas, atiraram contra os policiais da Polícia Civil no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste da cidade. Na oportunidade, a quadrilha se preparava para cometer um roubo a um comerciante de calçados e estavam fazendo uso de um carro roubado que foi recuperado.

Outros comparsas da quadrilha de foram presos ainda em 2019. Michel de Souza Moraes, um dos seus comparsas, foi preso ano passado após manter 06 pessoas de uma mesma família reféns na comunidade Fazendinha, bairro Cidade Nova.

A quadrilha era extremamente violenta, e a policia credita que o bando roubou pelo menos 06 carros nos últimos meses.

Durante a troca de tiros, um policial da DERFV foi alvejado no colete e revidou aos disparos, atingindo o autor. Henock ainda chegou a ser socorrido ao SPA da zona sul, mas não resistiu aos ferimentos. O policial deu entrada com trauma leve na região das costelas, mas passa bem. Com CM7
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »