05/12/2019 às 12h38min - Atualizada em 05/12/2019 às 12h38min

Vídeo: Novas imagens mostram fuga de psicólogo após tiros em hotel

G1
O programa Cidade Alerta PE, da TV Clube, emissora do Sistema Opinião, exibiu novas imagens exclusivas que mostram o momento em que o psicólogo responsável pelo tiroteio em um hotel em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, ameaça funcionários do estabelecimento para fugir poucos minutos após ter atirado em um segurança e um mensageiro. Nos vídeos, João Raimundo Vieira da Silva de Araújo, de 35 anos, aparece na portaria rendendo alguns homens e correndo. Em seguida, ele roubou o carro utilizado na fuga. O veículo foi encontrado horas depois em Maceió, Alagoas. O suspeito continua foragido.

O caso está sendo investigado pela delegada Stefanie Almeida e pelo delegado Francisco Océlio, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. O carro roubado pelo psicólogo, que trabalha no Tribunal de Justiça da Paraíba, ainda não foi periciado. O tiroteio aconteceu por volta da 0h dessa quarta-feira (5) e, no mesmo dia, foi feita a perícia no hotel. Durante quatro horas, os investigadores tentaram desvendar a dinâmica do crime.

João Raimundo teria se desentendido com a ex-mulher e, de acordo com ela, a agrediu. De madrugada, um segurança e um mensageiro do estabelecimento, que fica na Avenida Barão de Souza Leão, ouviram o barulho e tentaram intervir. Os dois funcionários foram baleados.

O segurança José Edson de Lima Junior, 34, foi atingido por quatro disparos no ombro, perna e barriga. O mensageiro José Fernando, 43, teve ferimentos mais graves. Ele foi ferido no cotovelo e nas costas, além de ter recebido dois tiros de raspão na cabeça e no tórax. Os dois foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e, em seguida, transferidos para o Hospital da Restauração. José Fernando corre o risco de perder o movimento das pernas.

O suspeito e a ex-companheira vieram da cidade de Guarabira, na Paraíba, para trazer o filho, um bebê de quatro meses, para uma consulta médica. Durante a discussão, iniciada nas áreas comuns do hotel, ele agrediu verbalmente a ex-mulher. Ofendida, ela subiu para o quarto. O psicólogo foi atrás. No cômodo, a mulher alega ter sido agredida fisicamente. Ela registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher e solicitou uma medida protetiva.

A mãe do psicólogo, que seria a dona da arma, mora no Recife e estava no hotel no momento do tiroteio. Ela aparece nas primeiras imagens divulgadas com exclusividade pelo programa Cidade Alerta PE na quarta-feira. A mulher também foi encaminhada para a delegacia para prestar informações à polícia.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, é justa a soltura do ex-governador Ricardo Coutinho?

23.8%
76.2%