02/01/2017 às 14h38min - Atualizada em 02/01/2017 às 14h38min

Maranhão lembra a Lira que não se pode servir a dois senhores ao mesmo tempo

Helder Moura
O senador Zé Maranhão resolveu assumir, de forma mais expressiva, a liderança no PMDB. Zé deixou de lado certa benevolência com aliados mais rebeldes e adotou uma postura mais agressiva. De um lado, devolveu todas as farpas disparadas pelo deputado Veneziano, no apagar das luzes de 2016. De outro, mandou um recado direto e explícito ao senador Raimundo Lira…

Lira terá que se decidir. Não poderá servir a dois senhores ao mesmo tempo: ou assume sua condição de filiado do PMDB, abraçando suas bandeiras e uma delas é a oposição ao governador Ricardo Coutinho, ou muda de lado, se abraça a RC e segue sua vida. Simples. “Política é uma questão de opção, e cada um faz a sua opção. O senador Lira também”, verberou Maranhão.

Duro, mas sem perder a ternura, Maranhão ainda acrescentou: “Contamos com o senador Raimundo Lira, mas nós esperamos deles os gestos capazes de sensibilizar a nossa militância peemedebista que, historicamente, sempre foi muito coerente com sua disposição de luta, seu programa e seus compromissos e assim vamos prosseguir”, arrematou o presidente do PMDB.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o governador Ricardo Coutinho deve deixar o governo para ser candidato a Senador?

67.5%
32.5%