09/10/2019 às 06h23min - Atualizada em 09/10/2019 às 06h23min

Morte do menino Kelvin Ferreira, que caiu de ônibus escolar pertencente a Prefeitura de Conde, poderia ter sido evitada

O blog do Anderson Soares teve acesso ao inquérito policial, no qual o motorista do ônibus, Rômulo Caldas de Lima teria avisado ao seu superior que o ônibus de placa QSL 7370 pertencente à Prefeitura Municipal do município do Conde, estava com a porta de acesso para cadeirante abrindo sozinha durante o deslocamento do ônibus escolar.

O motorista informou ao seu superior técnico no qual procurou o coordenador de transporte. Eles visualizaram que a porta principal não iria travar em definitivo. Ou seja, tudo poderia ter sido evitado.

E o pior: descobrimos também que o ônibus escolar estava com a vistoria obrigatória para ônibus escolar atrasada.

O acidente ocorreu dia 06 de setembro, último dia de aula da semana. Kelvin moreu atopelado pelo pneu traseiro do ônibus.

Confira os documentos no link abaixo:

DOC000

DOC001

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita numa reaproximação entre Ricardo Coutinho e João Azevêdo?

30.5%
69.5%