06/10/2019 às 06h12min - Atualizada em 06/10/2019 às 06h12min

Vasco decepciona em casa, desperdiça pênalti e perde para o Santos

O Dia
Rossi lutou bastante, mas não deu sequência às jogadas. Para piorar, fotografou a cobrança de pênalti - DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
O Vasco tinha tudo para se afastar da zona da confusão com São Januário cheio e atuação segura. Mas a falta de precisão nas finalizações e o pênalti perdido por Rossi ainda no primeiro tempo foram determinantes para uma decepcionante derrota por 1 a 0 para o Santos, gol de Tailson. Com o resultado, o terceiro tropeço seguido em casa, o Cruzmaltino perdeu a chance de embalar no Campeonato Brasileiro e segue tendo que se preocupar com o rebaixamento.

Mais confiante e menos pressionado após a vitória sobre o Atlético-MG no meio de semana, o Vasco entrou em campo em São Januário com Danilo Barcelos, Marcos Junior e Rossi como novidades. A ideia de Vanderlei Luxemburgo era tentar evitar a força pelos lados do Santos, mas a opção não funcionou.

No início, os santistas aproveitaram a falta de criatividade do meio de campo vascaíno para chegar com perigo no ataque, justamente pelas laterais. Faltou acertar o último passe. Aos poucos, o Vasco se encontrou em campo e equilibrou, até ficar melhor na parte final da primeira etapa. Deveria, inclusive, ter saído em vantagem, mas faltou caprichar.

As três melhores chances foram vascaínas. Talles Magno chutou rente à trave, enquanto Andrey mandou no travessão. E Rossi desperdiçou um pênalti que ele mesmo sofreu, ao cobrar mal e Everson defendeu. Foi a quarta penalidade desperdiçada pelo Vasco em nove chances neste Campeonato Brasileiro.

E as chances desperdiçadas cobraram um preço alto logo após a volta do intervalo. Em linda jogada coletiva do Santos, a bola saiu da esquerda, passou pelo meio e foi para a direita com Tailson, de 20 anos, livre para bater de primeira e abrir o placar aos 4, em sua estreia como profissional.

O baque do gol quase foi fatal porque, dois minutos depois, a dfesa bobeou e Jorge apareceu sozinho na área, mas Fernando Miguel salvou cara a cara. Depois do susto, o Vasco se reencontrou em campo e passou a pressionar, desperdiçando chances claras com Pikachu e Marrony.

Entretanto, o time caiu de produção com o passar do tempo e nem mesmo com a expulsão de Evandro, aos 33 por entrada dura em Marrony, o Vasco conseguiu pressionar o Santos em busca do empate. Depois de tropeçar em Bahia e Athletico-PR, o Cruzmaltino volta a perder pontos em São Januário.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita numa reaproximação entre Ricardo Coutinho e João Azevêdo?

30.5%
69.5%