20/08/2019 às 21h31min - Atualizada em 20/08/2019 às 21h31min

IMAGEM FORTE: Lutadora ex-campeã do UFC teve parte do dedo decepado em gravação

OP9
A ex-campeã do UFC Ronda Rousey sofreu um grave acidente nas gravações do programa 911, do canal Fox dos Estados Unidos. A porta de um barco caiu em sua mão e acabou decepando parte do dedo médio da mão esquerda da lutadora. Ronda postou uma foto do estrado na sua conta no Instagram (veja o post no fim do texto – e cuidado, a imagem é forte!).

“Foi um acidente bizarro”, conta ela no post. “Eu pensei que tinha apenas apertado meus dedos, então terminei o take antes de olhar (eu sei que parece loucura, mas eu estou acostumado nunca mostrar dor em público a menos que deva). Depois de uma pausa, eu disse ao nosso diretor qual era a situação e fui levado às pressas via ambulância para o hospital”, lembra Ronda

Na emergência, os médicos religaram o osso e o tendão com uma placa e parafusos. “Voltei a filmar no dia seguinte e terminei minhas cenas antes de voltar para casa para me recuperar. A medicina moderna me surpreende, eu já tinha 50% de amplitude de movimento em 3 dias”, conta a lutadora.

911 é uma série de televisão que mostra o trabalho do grupo de primeiros socorros de Los Angeles, envolvendo policiais, bombeiros e paramédicos. Ronda interpreta a personagem Lena Bosko na terceira temporada – antes disso, ela ficou famosa como campeã do UFC, sendo a mulher com mais defesas de títulos (6), até sofrer sua primeira derrota profissional no MMA, quando perdeu seu título para Holly Holm.

Ronda também lutou no Strikeforce e foi medalhista de bronze no judô nas Olimpíadas de Pequim, em 2008. Em 2018, Rousey começou uma carreira na luta-livre wrestling profissional, assinando um contrato com a WWE, e também trabalhou como atriz em filmes de ação como Os Mercenários 3 (2014) e Velozes & Furiosos 7 (2015).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por rondarousey (@rondarousey) em

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você concorda com a redução da maioridade penal?

84.8%
15.2%