19/07/2019 às 09h10min - Atualizada em 19/07/2019 às 09h10min

Homem esmaga rosto de mulher a pedradas após ela se negar a fazer sexo

Metrópoles
PCGO/DIVULGAÇÃO
A Polícia Civil de Goiás prendeu Elizeu Neto Rodrigues Loiola (foto em destaque), acusado de matar a pedradas uma mulher em Águas Lindas de Goiás (GO), no Entorno do Distrito Federal, porque a vítima se recusou a fazer sexo com ele. O corpo de Josélia Alves da Costa foi encontrado na segunda-feira (15/07/2019) jogado às margens de um loteamento novo do município, o Parque das Águas Bonitas II.

O acusado foi identificado após minucioso estudo de local de crime, identificação da vítima e análise dos seus últimos passos. Capturado por policiais do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) da 17ª DRP de Águas Lindas, nessa quarta-feira (17/07/2019), Elizeu confessou, com riqueza de detalhes, como assassinou a vítima.

Segundo ele, após se encontrar com Josélia em um bar da cidade, ingerir bebidas alcoólicas e comer uma pizza com ela, a levou para o bairro isolado. No entanto, a mulher teria se negado a ter relações sexuais com o suspeito, que, irritado, começou a agredi-la, golpeando-a com pedras até a morte. O rosto da mulher ficou desfigurado.

Após assassinar Josélia, Elizeu retirou toda roupa da vítima e a deixou nua, fugindo na sequência. As vestes da mulher foram jogadas em um córrego a caminho da casa do suspeito. O autor foi conduzido à delegacia e teve a prisão decretada pela Justiça. Ele vai responder por crime de feminicídio.

Uma tatuagem ajudou na identificação da mulher. Confira:

Resultado de imagem para Homem esmaga rosto de mulher a pedradas após ela se negar a fazer sexo

Resultado de imagem para Homem esmaga rosto de mulher a pedradas após ela se negar a fazer sexo

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na briga do PSB, quem pode ser considerado 'traidor'?

39.1%
60.9%