13/03/2017 às 15h21min - Atualizada em 13/03/2017 às 15h21min

Bandidos voltam a arrombar escolas públicas e aterrorizar alunos, professores e funcionários na PB

Blog Helder Moura
Segue a sina das escolas públicas sob gestão girassol. Quando a unidade não é fechada, acaba sendo alvo da bandidagem. Em todo o Estado têm se registrado assaltos a escolas públicas, e algumas delas tem deixado seus alunos sem aulas, por conta da ação dos bandidos. Nesse final de semana, por exemplo, os bandidos arrombaram a Escola Estadual Humberto Lucena, em Campina Grande.

Foi o segundo assalto à escola, que funciona no Bairro do Novo Cruzeiro, e onde estudam cerca de 800 estudantes. O assalto deixou alunos, funcionários e professores preocupados. No assalto anterior, os bandidos levaram equipamentos, comida e até botijões de gás. Nesse final de semana, fizeram o rapa de equipamentos e promoveram atos de vandalismo dentro do educandário.

Segundo relato de um pai de aluno, “a preocupação é grande, porque a gente nunca sabe quando os bandidos irão voltar, pode ser até numa hora de aula”. A insegurança no local tem mobilizado moradores para realizar atos públicos, para cobrar “do Governo do Estado um mínimo de segurança, porque estamos nas mãos dos bandidos”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »