19/06/2019 às 07h15min - Atualizada em 19/06/2019 às 07h15min

Dono do Manaíra Shopping: STJ nega pedido de habeas corpus e Roberto Santiago têm prisão mantida

Polêmica Paraíba
Foto: Reprodução
O relator Felix Fischer julgou o pedido de habeas corpus pedido feito pela defesa do empresário Roberto Santiago, preso desde o dia 22 de março, acusado de participar do esquema de corrupção e fraudes licitatórias no município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa.

A defesa alegou que o empresário “estaria sofrendo constrangimento ilegal em razão da ausência de fundamentação idônea que determinou sua segregação cautelar…”

No entanto, o relator Felix Fischer não reconheceu as alegações da defesa e disse que em principio o Tribunal não reconheceu a “ilegalidade da prisão”, negando o habeas corpus a Roberto Santiago

“Não verifico a ocorrência de flagrante de ilegalidade da prisão. Assim, não verifico a ocorrência de flagrante ilegalidade que possa ser identificada neste juízo, razão pela qual indefiro o pedido liminar.”

Veja o julgamento do recurso na integra:


d734f773 d9e1 46b9 95ec 6438051ce89a - EXCLUSIVO: Felix Fischer julga recurso de habeas corpus de Roberto Santiago, preso da Xeque Mate; saiba o resultado 
22457924 9646 4f0e 8754 b459929e23ab - EXCLUSIVO: Felix Fischer julga recurso de habeas corpus de Roberto Santiago, preso da Xeque Mate; saiba o resultado 
a3aa4fa7 7412 4ac8 a8d6 8210026d9caa - EXCLUSIVO: Felix Fischer julga recurso de habeas corpus de Roberto Santiago, preso da Xeque Mate; saiba o resultado 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita numa reaproximação entre Ricardo Coutinho e João Azevêdo?

30.7%
69.3%