15/06/2019 às 21h17min - Atualizada em 15/06/2019 às 21h17min

Nas redes sociais, Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba sai em defesa de Moro

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Márcio Murilo, usou as redes sociais para defender o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, que teve suas conversas com o procurador da República Deltan Dallagnol vazadas por um site.

“Até hoje vazou algo sobre Moro falsificar/ocultar provas ou receber propina das suas sentenças confirmadas no TRF?”, questionou.

O juiz Aluízio Bezerra reforçou a tese do desembargador afirmando: “as provas são idôneas e foram revisadas pelo TRF-4. E no TRF-4 foram três desembargadores. O STF ratificou julgamento. Não há como haver nulidade”.

O site “The Intercept Brasil” publicou no último domingo (9) uma série de reportagens que mostra que o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, orientou as investigações da operação Lava Jato em Curitiba por meio de mensagens trocadas pelo aplicativo Telegram com o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa.

O site afirmou que recebeu de uma fonte anônima um grande volume de mensagens trocadas no aplicativo entre membros da Lava Jato e entre o procurador Dallagnol e Moro. O “The Intercept” foi fundado pelo jornalista norte-americano Glenn Greenwald, um dos autores da reportagem. Ele ficou conhecido mundialmente após ajudar o ex-analista de sistemas Edward Snowden a revelar informações secretas obtidas pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

MaisPB e WSCOM

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual a sua avaliação sobre os primeiros 06 meses do governo Jair Bolsonaro?

31.6%
12.5%
16.6%
11.7%
27.6%