08/03/2017 às 14h52min - Atualizada em 08/03/2017 às 14h52min

João Pessoa é beneficiada com o lançamento do Programa Criança Feliz

Secom-JP
web
O Programa Criança Feliz, iniciativa que contempla a primeira infância dentro do Sistema Único da Assistência Social (Suas), vai atender 1.100 crianças em João Pessoa. O programa será lançado pelo ministro do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Osmar Terra, na Paraíba nesta quarta-feira (8), às 14h, no Centro de Formação de Educadores, localizado na Rua Cel. Benevenuto Gonçalves da Costa, em Mangabeira (ao lado do Restaurante Popular).
 
Em João Pessoa, o Programa será executado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), através da Diretoria da Assistência Social (DAS).  O Criança Feliz, de caráter intersetoril, tem a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando seu contexto de vida em consonância com a Lei nº 13.257 de 8 de março de 2016.
 
Ele atenderá gestantes, crianças de até 6 anos e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e crianças de até 6 anos e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada, além de crianças de até 6 anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção prevista em lei.
 
Entre outros objetivos, o programa garante o acompanhamento das crianças na faixa etária de 0 a 3 anos de idade das famílias moradoras de áreas de extrema vulnerabilidade, através de visitas domiciliares periódicas e orientações sobre os cuidados da primeira infância. "Em resumo, o programa pretende integrar, ampliar e fortalecer ações de políticas públicas voltadas para as gestantes, crianças na primeira infância e suas famílias", define Ana Carla, diretora da Assistência Social.
 
Ela diz que as primeiras crianças que serão atendidas pelo Criança Feliz, foram escolhidas durante um cuidadoso rastreamento realizado pelas equipes dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). Uma nova equipe social será preparada para se agregar ao Cras neste serviço. "A equipe especializada irá monitorar os cuidados básicos como a relação mãe e bebê, vacinação, brincadeiras, comportamento, roupinhas, entre outros cuidados necessários para que ela chegue na creche mais preparada", contextualiza.
 
A equipe também dará orientações sobre o comportamento e responsabilidade paterno/materna, de forma a garantir o mínimo de conforto para o filho pequeno.
 
João Pessoa foi eleita com a inclusão de 1.100 crianças, que rastreadas a partir do atendimento dos Cras. A implantação propriamente dita do Programa em todo o País se dará entre os meses de abril e maio próximo, a partir do primeiro repasse dos recursos através do MDSA.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »