14/05/2019 às 18h59min - Atualizada em 14/05/2019 às 18h59min

Homem-Aranha, Batman e Lanterna Verde do 'trenzinho da alegria' são presos

O Dia
Trio que fazia animação do trem da alegria em Fortaleza é preso - Divulgação/ Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social
A Polícia Militar do Ceará prendeu na manhã desta segunda-feira três homens que trabalhavam fantasiados de super-heróis em um servicço conhecido como trenzinho da alegria, no litoral de Fortaleza.

A delegada Malake Waked Tanos informou por meio de uma rede social que eles se fantasiavam de Homem-Aranha, Batman e Lanterna Verde para fazer a animação. 

Na casa de Nailson de Sousa Gomes (27), conhecido como “Aranha”, no bairro Vicente Pinzón, foram encontradas uma arma de fogo, coletes balísticos e outros materiais ilícitos. Os militares fizeram buscas pela casa e também no quintal, onde encontraram enterrados um revólver calibre 38, com três munições intactas, um carregador para pistola .40; três coletes balísticos; e uma bala clava rial.

No momento da apreensão, os policiais perceberam uma movimentação na parte externa da casa. Ao saírem, perceberam dois indivíduos atirando pedras contra a viatura. Eram os irmãos  Almeida Balbino de Souza (19) e Almino Silva Souza (24), que trabalhavam com o Aranha como animadores do Trem da Alegria. Os dois receberam ordem para cessar o ato e foram abordados. Apesar da resistência, os irmãos foram contidos pelos agentes de segurança.

O trio foi encaminhado para o 9º Distrito Policial (DP), unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) responsável pela região.

A ação aconteceu depois que denunciaram que um indivíduo conhecido como “Aranha” comercializava drogas em casa. A partir do que lhes foi informado, os policiais seguiram até a referida casa e ao se aproximarem perceberam uma movimentação estranha. Um dos agentes notou que um homem tentava escapar pelos fundos do terreno. Nailson de Sousa passou por revista pessoal, mas nada de ilícito foi encontrado com ele. 

Nailson de Sousa, o Aranha, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e também por receptação. Já os irmãos Almeida e Almino de Souza foram autuados por dano ao patrimônio público, desobediência e resistência à prisão. A Polícia Civil mantém as investigações e também diligências na região, agora com o objetivo de capturar outros partícipes da ação criminosa.

Empresas negam vínculos com presos

O advogado da empresa Trenzinho da Fantasia, Campos Filho, disse que Nailson trabalhou no Trem da Fantasia até fevereiro de 2018. Ele disse que a prisão do jovem foi uma surpresa porque, segundo ele, o 'Aranha' era um funcionário exemplar que cumpria com seus horários. Ele ressaltou que na época da contratação todos os pedidos legais para admissão foram cumpridos, inclusive o de antecedentes criminais. Ele disse que outro preso na operação de ontem chegou a ser admitido, sem revelar seu nome. Mas, segundo Campos Filho, ele não apresentou os documentos e não apareceu mais para trabalhar. 

Já o gerente do Trenzinho da Alegria, Bruno Rodrigues, disse que todos os funcionários tiveram a ficha criminal levantada antes da contratação. "Esses rapazes não trabalham pro Trem da Alegria", disse. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual a sua avaliação sobre os primeiros meses do governo João Azevêdo?

25.6%
27.6%
17.3%
12.1%
17.4%