25/02/2017 às 21h30min - Atualizada em 25/02/2017 às 21h30min

Com apoio da prefeitura, João Pessoa se transforma na Capital dos cafuçus

Secom-JP
Quem é cafuçu não se importa com a moda do momento ou tendência para a estação. O que vale é combinar roupas e acessórios que resultem num visual chique e cheio de estilo. Assim, o bloco mais divertido da Capital encerrou a 30° edição do Folia de Rua, na noite desta sexta-feira (24), arrastando milhares de pessoas pelas ruas do Centro Histórico.
 
O Folia de Rua contou com o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da participação de várias secretarias. Os pessoenses e turistas, mais uma vez, brincaram e entraram no clima do bloco Cafuçu, que deixou sua marca entre os foliões. "Não tem como fugir, todo mundo tem um pouco de cafuçu", disse a foliã Josineide Gonçalves.
 
A folia foi embalada ao som de orquestras de frevo e músicas do gênero brega, com três palcos instalados em pontos distintos do Centro – Ponto de Cem Réis, Praça Rio Branco e na Avenida General Osório, em frente à Igreja de São Bento. Animando os foliões, o vocalista da banda Brega é Você, Djair Bregueiro, resumiu o que é ser cafuçu.
 
"É a gente primeiramente valorizar as raízes das sofrências das antigas com nossos ídolos do brega. No visual, é quando o cara quer ser estiloso demais e acaba exagerando – ficando brega, bem cafuçu", explica. "É um prazer subir ao palco para tocar para essas pessoas maravilhosas, que sabem brincar o carnaval com bom humor", finalizou o músico.
 
Com a experiência de 15 anos de Cafuçu a foliã Julieta Gadelha também caprichou no visual e disse que a edição desse ano foi uma das melhores que já participou. "Sai de casa com meu look para arrasar. Muita maquiagem, cores combinando e até minha gatinha veio comigo. Este é, com certeza, um dos melhores desfiles que eu já participei", finalizou.
 
Prevenção - Durante o desfile do Cafuçu uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) distribuiu preservativos masculino e feminino, gel lubrificante, além de material educativo com orientações sobre sexo seguro e alertas de doenças sexualmente transmissíveis. A coordenadora da ação, Celly de Freitas, fez um balanço positivo do serviço.
 
"Muita gente veio pegar o material, e com isso a gente acredita que está oferecendo mais segurança para a saúde das pessoas durante o carnaval. É um trabalho muito importante tendo em vista o aumento de casos de HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis", destacou.
 
Apoio – Além da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) deu apoio ao Folia de Rua com a participação das secretarias de Mobilidade Urbana (Semob), Turismo (Setur), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Fundação Cultural (Funjope), além do Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »