28/12/2018 às 06h31min - Atualizada em 28/12/2018 às 06h31min

Mulher é presa por cortar pênis de vizinho que a assediava

Uma mulher de 47 anos cortou o pênis de um vizinho que a assediava sexualmente. Após o ato, ela levou-o para o hospital na região de Dombivali East em Mumbai, capital econômica na Índia. A polícia local prendeu a autora do crime e dois cúmplices que a ajudaram. As informações são do jornal Mumbai Mirror.

A vítima de 27 anos, Tushar Bhalchandra Pujare, foi operada, mas continua no hospital em estado grave. De acordo com a polícia, a faca usada na hora do crime e as partes genitais dele foram recuperadas.

"Ela admitiu que planejou cortar o pênis do seu admirador pelo constante assédio", disse o oficial da base policial de de Manpada. "Ela falou várias vezes que não estava interessada nele e pediu para que ele procurasse uma mulher mais nova", complementa.

A mulher, que não teve a identidade revelada, era vizinha de Tushar e era constantemente assediada por ele, que trabalha com empréstimos. O indivíduo pedia para fazer sexo com ela e "trair seu marido". De acordo com a polícia, ela relatou o que estava acontecendo ao seu marido e o episódio acabou desencadeando uma briga entre o casal.

Segundo relatos da mulher, mãe de uma garota de 21 anos e um adolescente de 15, aos oficiais, a situação se agravou quando o próprio Tushar confessou seus "sentimentos" ao marido dela. "Depois da confissão, ela começou a esquematizar um plano para punir ele", afirma o policial ao Mumbai Mirror.

Um plano bem executado

O crime aconteceu com a ajuda de dois amigos da mulher, Pratika Keniya e Tejas Mhatre. Eles se passaram por possíveis clientes de Tushar, alegando que precisavam de um empréstimo para comprar uma casa na região em Nandavali Hill, área afastada de Dombivali East.

Um encontro foi marcado no local e, ao chegar lá, o homem de 27 anos foi surpreendido ao ser agredido fisicamente pelos dois rapazes. A vizinha de Tushar apareceu logo em seguida com uma faca. "Eles o seguraram enquanto ela cortava suas partes íntima", contou o policial. Ao notarem o desespero do homem ao gritar por socorro, o trio o levou ao pronto-socorro mais próximo de onde estavam.

Os três foram presos e estão sob custódia policial. Tanto a mulher quanto seus cúmplices estão sendo acusados de homicídio e tentativa de conspiração criminosa. Via RedeTV
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »