23/04/2017 às 07h29min - Atualizada em 23/04/2017 às 07h29min

Terroristas na Paraíba

web
A polícia prendeu esta semana, aqui em João Pessoa, dois árabes suspeitos de serem terroristas. Meu amigo Bebinho, que dá expediente matinal no quiosque do Italiano em Tambaú e aproveita as tardes entre o bar do Zuca e o Beto´s bar, e adora assuntos policiais,

“- Marcão, na verdade esses dois desembarcaram no aeroporto Castro Pinto e como suas malas haviam sido extraviadas, pegaram um taxi e foram comprar algumas roupas em Bayeux. Ocorre que quando o motorista reduziu a velocidade por conta de uma lombada, bandidos tomaram de assalto o taxi e verificando que os dois eram turistas, dispensaram o taxista e levaram a dupla de terroristas para uma favela próxima. Como eles se recusaram a dizer onde estava o dinheiro (pudera, não entendem uma palavra de português), amanheceram o dia levando cacete de todo tipo. Mas como os árabes são treinados, escaparam e correram para a BR 230, onde conseguiram uma carona numa Van escolar, lotada de estudantes.

O azar dos terroristas é que essa Van só leva o carrego da escola, e os dois levaram outra surra dos taludos secundaristas, que desconfiaram serem eles daquele partido político que tem roubado tudo aqui no Brasil. Mais uma vez valeu o treinamento de guerrilha dos terroristas, que conseguiram saltar da Van em movimento e rolar pelo asfalto sem morrer, mas um deles quebrou um braço e o outro fraturou a bacia. 

Deram sorte, porque um suplente de Vereador em Santa Rita compadeceu-se dos dois e os levou para sua clínica veterinária onde aplicou doses generosas de Vansil 100 mm, anestésico de cavalo, para fazer os curativos. Aproveitou que eles estavam dopados, e procurou em seus bolsos os títulos de eleitor, mas descobriu que eles só tinham os passaportes, ou seja, não poderiam votar nele. Aborrecido, e como já era madrugada, deixou os dois terroristas anestesiados e feridos na porta do balneário “Bora ver”, onde um show em homenagem a Anacleto Reinaldo estava terminando.

O azar dos terroristas é que encontraram com Zezinho Pé de Mesa e sua gang, inclusive Alma Sebosa, e os trigêmeos Jegue, Jumento e Cavalo, todos carentes de amor. Depois de um dia de idílio amoroso novamente os terroristas fugiram e no que consideraram o único momento de sorte desses últimos dias, foram presos pela polícia. Minhas fontes garantiram que eles querem contar qualquer coisa, até os números da próxima mega-sena acumulada”.

QUE COUSA!
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »